segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Interlúdio ~ Sobre a Maldição Parasita


- As pessoas não sabem o que é ter medo. Elas realmente não sabem o que é. É pior do que um inimigo a sua frente. É um inimigo que surge de toda parte. De dia, de noite, no semblante de um estranho ao rosto inocente de um amigo. É algo que você não vê, mas está a sua volta o tempo todo. E quando você menos espera, ele surge do nada e te devora. Pior. Ele faz com que você se devore, se destrua. A si e aos poucos que tentam te ajudar.
- Poucos?
- Sim. Poucos. Poucas são as pessoas que se importam. Às vezes nem é culpa delas. Todos têm problemas, logo, não tem tempo para ouvir sobre seus. E aí você tenta enfrenta-los sozinho, pois quando você fala de seus medos, as pessoas se afastam. Elas não podem fazer nada, e nem ao menos tentam.
- Mas por quê?
- Porque pessoas querem estar com pessoas que as façam felizes. Ninguém quer ficar perto de alguém problemas ou triste. Ninguém se pergunta se essa pessoa precisa de um abraço. Não, este mundo diz ao amaldiçoado pelo medo que ele não tem tempo pra isso. Que se ele tivesse o que fazer, não sofreria. Que basta só ele não pensar. Não se lembrar daquilo que o levou a ser tragado pelo medo. Só que as coisas não são assim.
- Mas essa maldição tem forma...?
- Depende da pessoa. Eu já vi uma... É como se fosse uma marca com cor-de-sangue alojada nas suas costas. Não é uma cicatriz. Ela tem volume e peso. Ela fala. Ela te sussurra no escuro. Quando você acha que está livre, ela cresce e estrangula sua coluna, a ponto de impedir você de andar.
- Então... A pessoa fica presa na cama?
- Ou em seus próprios pensamentos. Mas o pior é o que ela te faz fazer. Essa maldição toma conta do seu corpo e das suas palavras. Aí, seu espírito fica aprisionado em seu próprio corpo, assistindo incapaz seu medo em forma de maldição assumir todos os seus movimentos.
- Como assim? O que ela te obriga a fazer?
- Ela te impede gritar. O faz se isolar. Ela faz você se afastar dos poucos que o amam de verdade através de palavras que você jamais as diria. Ela te transforma numa fera acuada e em pânico, sangrando numa caverna escura e lodosa, cuja menor aproximação, a fera rosna e afasta até o melhor e mais paciente curandeiro. A maldição do medo o faz destruir quem te ama e te faz se destruir. Família, amigos, sonhos... Tudo é perdido. Você não consegue mais enfrentar tanta coisa. Você atingiu o ápice do vazio.
- Isso é horrível... Mas ela tem que ter cura!
- Doenças do corpo tem cura. Se não tem, você encontra, seja daqui a um ano ou um século. Mas a maldição do medo... Ela não tem cura. Ela faz você se devorar e se destruir. Ela vai torna-lo cada vez mais solitário e em pânico. Ela vai fazer você confundir um amigo com um inimigo. Vai fazer com que você se devore para ela, como um parasita. E quanto mais você afunda, mais você se odeia, porque não consegue enfrentá-la. Você se torna então um fracassado. E este mundo não tolera os fracassados.
- E como isso termina?
- Sua existência se apaga, deixando uma casca vazia. Aí acontece o mais engraçado... Aparecem pessoas de toda parte se dizendo arrependidas por não ajudar ou surpresas por nunca imaginar que alguém, que passava uma imagem tão forte, fosse capaz de se destruir.
- Mas... Ninguém tem culpa...
- O mundo está cada vez mais rápido e egoísta. As pessoas que deveriam se aproximar, estão se afastando. É solitário.
- Você fala como se conhecesse alguém que está passando por isso.
-...
- Quem é essa pessoa?
Uma pausa. Um suspiro.
- É uma pessoa que nasceu com o dom de fazer as pessoas voarem. Ela até tem o poder de voar, mas não consegue mais. A marca da maldição parasita em suas costas já ocupa e estrangula suas asas, embora, ele não permita que outros a vejam.
- E essa pessoa pode ser salva?
-... Eu não sei... Mas preciso tentar!
Domingo, 9 de agosto de 2015.
 --- // Este texto não faz parte oficialmente do livro Aika - A Canção dos Cinco.  //---
Trata-se de uma reflexão interpessoal,  um diálogo interno sobre talvez o maior inimigo de toda a saga de Aika - e talvez de muitos de nós. Eu a trago aqui para que você também reflita; e o preparo discretamente para o tão aguardado encontro de Aika, quando ela finalmente ficará frente-a-frente com Kurikara, o herói amaldiçoado.

Continue acompanhando Aika - A Canção dos Cinco no Wattpad!

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Aika no Wattpad!

Boa noite pessoal! Obrigada por me seguirem e acompanharem Aika - A Canção dos Cinco no Wattpad!

Venho dar um aviso: seguindo as dicas dos veteranos aqui do Wattpad (muito prestativos, obrigada pessoal \o/) dividi o "Prólogo" em duas partes, mas o conteúdo se manteve o mesmo. O livro já foi registrado e está completo, mas ele possuí alguns capítulos bem longos. Meus veteranos me contaram que isso pode cansar um pouco, principalmente para aqueles que só leem pelo celular.

Daqui para frente, os capítulos mais longos serão subdivididos. No entanto, postarei as partes todas juntas na mesma sexta-feira. Então é isso. Boa noite galera e até sexta o/

Pra quem não conhece, leia Aika online e grátis pelo frame abaixo. E caso prefira ler no celular, procure o app do Wattpad, disponível tanto para Android quanto para Iphone ;-)


domingo, 8 de novembro de 2015

Capítulo 1 - A Sonhadora

Fechou os olhos.Um sinal. O murmurinho da multidão foi se esvaindo, deixando o entorno do palco banhado no mais puro silêncio. Suas vestes escuras desciam até seus joelhos e expunham seus ombros e costas. Ousava também exibir parte do peito magro, onde pendia um medalhão com uma fênix vermelha entalhada. Apertou ainda mais seus olhos fechados, sentindo o frio na barriga, o nó na garganta e as pernas bambas. Mas quando a música começasse, ela sabia que não poderia mais ser Aika. Ela se tornaria Kurikara!

NO AR!! O primeiro Capítulo de Aika - A Canção dos Cinco! Confira no link:

https://www.wattpad.com/myworks/53716970-aika-a-cano-dos-cinco

E com uma ilustração especial:

Ilustração de capa no Wattpad:


Curtiu? Dê sua opinião sobre a apresentação da protagonista da saga Aika ;-)

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Prólogo

Seu sangue tingia as nuvens e se confundiria com restante do pôr do sol se não fosse a fumaça que cobria todo o céu. Pôde ver algumas poucas estrelas tímidas e perguntou-se se por acaso, teria a honra de se tornar uma. 
 Aika - A Canção dos Cinco
Prólogo

Ilustrações:


No próximo Capítulo, você conhecerá a Aika ^^!

Venha ler a Saga Aika no Wattpad!

O mundo de Gattai


O mundo de Gattai:

"Criada da união de cinco deuses chamados Suzaku (Deus do reino do Fogo), Kujira (Deus do Reino das Águas), Yunikon (Deusa do Reino da Terra), Tsuru (Deus do Reino dos Céus) e Tamaryuu (Deusa do Reino das Almas) que se uniam para criar um mundo de harmonia. Nele criaram habitantes semelhantes aos seres humanos, mas sem poderes. 
Contudo, Gattai era instável. Um mundo onde nevava no verão e a colheita não tinha lua certa. E como muitos passavam por dificuldades, os deuses decidiram escolher cinco pessoas para auxiliarem em caso de necessidade, já que eles mesmos não podiam descer ao mundo dos vivos. Essas pessoas foram chamadas de Guardiões de Gattai, os que tinham os “Poderes dos Deuses”. Assim, eles anteviam desastres, ensinavam às pessoas como cultivar e domar animais, além do conhecimento sobre magia e os ciclos da natureza. A cada geração, mais o mundo progredia e mais as pessoas iam aprendendo com eles, reorganizando o mundo e tornando-o quase uma utopia, pois até os desastres e “irregularidades” da natureza foram contidos. Grandes cidades foram construídas assim como Templos dedicados aos deuses e seus guardiões.
Porém, na quinta geração de Guardiões, dois deles (uma mulher que tinha os poderes de Suzaku e um homem com os de Tamaryuu) se apaixonaram. Da união nasceu uma criança que, para a surpresa de todos, tinha os poderes dos deuses em seu corpo: asas de fênix, o controle das chamas e a capacidade de interagir com os mortos – e sem a necessidade de invocar seus deuses. Esse evento foi chamado de A Traição, o dia em que os Guardiões tomaram os poderes divinos definitivamente para corpos mortais."

Apresento a vocês um pouco desde incrível mundo, lar de Kurikara, Riko, Iruka e Tsubomi. Este símbolo que desenhei representa não apenas Gattai, mas "uma pessoa em Gattai". E isso é a chave para conhecer os segredos e a magia deste mundo.

E apresento a vocês o mapa de Gattai! Vocês vão precisar ;-)

Porque toda sexta é dia de Aika!

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Seja Bem-vindo ao blog oficial de Aika!

Bem-vindo ao Gattai no Sekai!

Muito prazer! Sou Lúcia Lemos, estudante de Design da UFRJ e ilustradora! Neste blog postarei o conteúdo relacionado ao meu projeto pessoal: Aika! Aqui colocarei trechos, informações, curiosidades, ilustrações e seu processo de criação! 

Aika surgiu de uma crise de insônia quando eu ainda era criança. A saga tem previsão de cinco livros, mas isso pode mudar. É uma história que mistura magia, aventura e amizade, ao estilo dos animes e mangás ♥ Até o momento, o primeiro livro da saga está sendo publicado em capítulos semanais no Wattpad, toda sexta-feira. Você pode lê-los gratuitamente através desse link. E o melhor é que o Wattpad também é aplicativo para Android e Iphone (é bem mais confortável de ler!). Por enquanto, ainda não há uma versão impressa, mas logo darei um jeito nisso.

Ah! Gattai no Sekai significa "mundo de união" em japonês. Gattai também é o nome do mundo onde se passará a maior parte das aventuras de Aika e seus companheiros. Neste blog também colocarei informações sobre esse incrível mundo, como mapas, raças, história e muito mais!

Se você está gostando, não deixe de curtir a fanpage no Facebook e compartilhar. Deixe também um comentário sobre o que está achando da saga!

Prêmio Bunkyo de Literatura

Oi Pessoal, tô sumida, eu sei, não me batam pls! A correria com TCC+freelas+estágio ta me comendo viva, mas finalmente consegui trazer para ...